Fórmula 3 Brazil Open: Felipe Guimarães dá show
Atualizado em: 18/1/2014 Tamanho da Letra
Horário da Atualização: 9:33  
Fórmula 3 Brazil Open: Felipe Guimarães dá show, vence, mas é punido

Victor Franzoni, outro piloto da Hitech Racing lidera, mas abandona

O brasiliense Felipe Guimarães (Faculdade Evangélica/Marc JR/Hitech Racing) deu outro show na terceira corrida do Fórmula 3 Brazil Open, disputada na tarde de sábado no Autódromo de Interlagos, zona sul de São Paulo (SP). Novamente largou da pole position, liderou a prova, estabeleceu a volta mais rápida, cumpriu um time penalty, voltou em quinto, retomou a liderança, venceu, mas recebeu outra punição. Com isto, a vitória ficou com Leandro Florenzo, seguido de Lukas Moraes, Artur Fortunato, com o atual campeão do certame ficando em quarto.

Não concordo com a primeira punição, mas fui prudente e fiz o melhor no momento para não provocar um acidente, como concordaram todos os outros pilotos da categoria, comentou Felipe Guimarães, que na corrida decisiva vai largar da segunda fila. Meu carro está bom, estou focado, animado e vou atrás da vitória na corrida final, espera o Campeão Sul-americano de Fórmula 3.

Na largada da competição Felipe Guimarães aproveitou bem a pole position e já saiu liderando, seguido de seu companheiro na equipe Hitech Racing, Victor Franzoni (Aflex/Vhero/E-Qual/Hitech Racing), que saiu em sexto, mas já entrou na segunda curva na vice-liderança. Ainda na primeira volta o Carro de Segurança entrou na pista, para a retirada dos carros do armênio John Simonsnyan e de Raphael Raucci, que haviam colidido na primeira curva.

No momento da relargada o Carro de Segurança apagou as luzes, praticamente parou na pista e com isto Guimarães acelerou e os demais pilotos seguiram atrás. Por isto, ele foi chamado na 10ª volta para cumprir uma penalização com passagem por dentro dos boxes, deixando Franzoni na liderança. No entanto, na mesma volta Victor foi obrigado a abandonar com o câmbio quebrado.

Larguei muito bem, mas não fui feliz quando assumi a liderança pela injusta punição ao Felipe. Infelizmente quebrou o eixo-piloto e abandonei.. Apesar disto, o carro está rápido e amanhã vou tentar brigar pelo top 3 do campeonato, explicou o estreante Franzoni, que nos dois últimos anos correu de Fórmula Renault na Europa.

Com Guimarães retornando em quinto, o brasiliense empreendeu um ritmo forte e duas voltas depois já estava reassumindo a ponta, que manteve até a bandeirada. No entanto, por ter realizado uma das três ultrapassagens sob bandeira amarela foi penalizado com o acréscimo de 20 segundos em seu resultado final, que o colocou no quarto posto.

Infelizmente foi um resultado bem longe do esperado para a pré-final. Mas os nossos carros e pilotos são os mais rápidos da categoria e eles podem reverter isto na Final. É só fazerem uma corrida de cabeça para passarem os concorrentes, o que pode fazer desta corrida a melhor da história do Open, analisou o engenheiro paranaense Rodrigo Contin, chefe da equipe Hitech Racing.

A corrida que decidirá o título do F3 Brazil Open será disputada no domingo (19/1), as 11h30, com largada de acordo com o resultado da pré-final.

Os seis primeiros na Pré-Final foram:
1) Leandro Florenzo, 18 voltas em 30min59s985
2) Lukas Moraes, a 0s697
3) Artur Fortunato, a 8s663
4) Felipe Guimarães, a 9s936
5) Nicolas Silva, a 2 voltas
6) Fernando Galera, a 2 voltas
  imprimir   Envie para um amigo  
  imprimir   envie para um amigo